Existem na natureza mais de 35 mil espécies de Orquídeas.

Orquídeas raras são orquídeas difíceis de se encontrar no comércio por diversos motivos, como por exemplo:

Orquídeas importadas, que muitas vezes já foram poucas vezes encontradas em sua região ou mesmo que são muito caras para importar.

Orquídeas de climas diferentes do nosso, ou seja, orquídeas de regiões muito frias e você mora em uma região mais quente e vice versa, tornando seu cultivo difícil na região.

Um Híbrido novo em pouca quantidade também pode ser considerada uma orquídea rara.

Orquídeas de difícil reprodução: algumas espécies não conseguimos ou não são fáceis de polinizar , ou suas sementes não germinam com as mesmas técnicas das outras orquídeas, ou simplesmente não se desenvolvem no laboratório, tornando algumas plantas raras e portanto só gerando mudas por cortes, o que é inviável comercialmente.

Quais são as orquídeas raras?

As orquídeas raras e exóticas podem chamar muito a atenção aos colecionadores mais aficcionados, já ouvi de muitos colecionadores a frase: essa só eu tenho!, ou ainda: existem poucas no Brasil! E normalmente a pessoa diz isso feliz da vida por ter uma planta exclusiva, ou por sentir que sua coleção se completa mais ao ter uma planta muito diferente das outras. Por existir dezenas de milhares de orquídeas na natureza e mais centenas de milhares de híbridos criados pelo homem, existem muitas orquídeas raras. Elencamos aqui algumas orquídeas que por um motivo ou outro consideramos rara:

  1. Oeceoclades spathulifera – orquídea africana terrestre, chama muito a atenção pelo colorido das folhas que lembra talvez, escamas de algum animal. Única com esse detalhe! As folhas são tão diferentes que essa orquídea não é adquirida por conta da suas flores que também são diferentes, mas chamam menos atenção que a folhagem. Até então nunca foi reproduzida em laboratório.

  2. Coelogyne rochussenii – orquídea de floração exuberante, quando adulta, produz dezenas de cachos pendentes com dezenas de flores, dando a impressão de uma cachoeira de flores. A reprodução não é conseguida facilmente.

  3. Angraecum bancoense – micro orquídea originária de Madagascar, tem crescimento lento e sua reprodução nunca foi conseguida em laboratório, mas forma mudas por cortes facilmente.

  4. Dendrobium chrysopterum – como existem muitas espécies de Dendrobium, não é difícil aparecer algum raro. Esse tem flores, amarelo e laranja, com um formato muito diferente em um padrão de cachos que deixa sua inflorescência espetacular. Sua reprodução nunca foi conseguida até então.

  5. Eria ornata – rara orquídea de origem oriental, além do cacho de flores com aroma de baunilha, chama a atenção pelas brácteas alaranjadas da inflorescência que roubam o espetáculo. Não existem relatos de sua reprodução em laboratório, apenas mudas por cortes. Também rara na natureza.

  6. Cleisostoma fuerstenbergianum – planta raríssima, originária da Tailândia e praticamente desconhecida no meio orquidófilo de tão rara. Tem o hábito pendente com folhas longas cilíndricas também pendentes, e suas flores pequenas tem cores e formato muito diferente das demais orquídeas.

  7. Paphiopedilum maudiae in red vinicolor super black – conhecida como sapatinho negro, essa orquídea do grupo dos sapatinhos é um híbrido feito em laboratório, mas de cada 100 mudas poucas unidades saem no padrão super black, que consiste em planta tão pigmentadas que até as folhas saem com tons de vinho escuro e suas flores mais escuras que os vinicolor padrão.

Orquídeas que já foram consideradas raras

Como as orquídeas têm se tornado altamente desejável, sua reprodução em larga escala pode ser o foco de muitos produtores e a planta deixar de ser considerada uma orquídea rara. No entanto não entenda como uma planta barata, como é o caso da Cattleya walkeriana. Cobiçada pelo seu formato perfeito, sua reprodução em laboratório é fácil, mas não é garantia que a progênie herdará suas melhores características, tornando as Cattleyas walkerianas de excelente formatos ainda muito caras. Já walkerianas de variedade semialba e alba que sempre foram raras na natureza, hoje são produzidas em laboratório com sucesso. Plantas como Cattleya velutina já extinta em algumas regiões também são reproduzidas as salvando do desaparecimento.

Como cuidar de orquídeas raras?

Orquídeas raras podem ser das mais variadas espécies. Portanto, não acredite que terá uma única forma de cuidar de todas as orquídeas raras.

Você precisa levar em consideração os pontos abaixo de cada espécie para ter sucesso no cultivo de orquídeas raras:

  • Como deve ser a rega 
  • Intensidade de luz
  • Clima
  • Pragas
  • Solo 
  • Adubação

Onde comprar orquídeas raras?

Se você não sabe onde comprar orquídea barata e está na região de Campinas, saiba que você pode nos visitar aqui na cidade de Indaiatuba/SP.

Temos uma variedade incrível de plantas raras e atendemos de segunda à sábado na Rua: Pedro de Toledo, 1678 – Jardim Dom Bosco – Indaiatuba/SP.

Temos disponível a Catasetum fredclarkeara after dark, a verdadeira e RARA orquídea NEGRA está em promoção e com Frete Grátis. Últimas unidades. Confira!

Fizemos um vídeo especial que está disponível no nosso canal do Youtube! 

Conheça + de 10 Orquídeas Raras Brasileiras e Importada

O vídeo está disponível abaixo:

instagram orquidário das pedras

 

  • Oferta!
    raíz orquídea Oncidium Oncidium Black Eyes

    Oncidium Black Eyes – Muda no leque de madeira

    R$29,90
    Comprar Detalhes
  • Cleisostoma orquídea importada
    Comprar Detalhes
  • Oferta!
    orquidea negra Fredclarkeara After Dark

    Orquídea NEGRA RARA + Brindes

    R$299,00
    Comprar Detalhes
  • Oferta!
    Comprar Detalhes
  • Comprar Detalhes